quarta-feira, 6 de junho de 2007


Manifesto de Respeito aos Gaúchos!

Destaque nos jornais e nos programas de rádio do nosso Estado desta semana, as ofensas feitas pelo radialista Jonas Greb na Rádio Trianon, de São Paulo, ao povo gaúcho podem até ser consideradas uma afronta, um ato irresponsável, leviano, desprovido de qualquer espírito esportivo, ético. Mas vai além: reforça que tais "carências" éticas precisam ser estancadas, para que o bom exemplo se instale de uma vez por todas nesse lamaçal de impunidades que assombram o nosso País. O caso deste radialista, torcedor e político paulista, deve ser levado à mais alta instância do executivo estadual e do judiciário.

Ressentida e injustiçada pelas falsas e indecorosas declarações do apresentador de programa, a Brigada Militar gaúcha já está tomando providência, e promete processá-lo contra as denúncias de omissão e conivência à violência. Torcedores gremistas e colorados expressam sua indignação em sites da internet, blogs e rádios. Contudo, as ofensas generalizadas ao povo gaúcho, sugerindo ainda uma ação separatista "não precisamos do Rio Grande do Sul na bandeira do Brasil (...). Não são gente, são bandidos", ganham ainda uma dimensão maior, quando coloca pelo ralo valores inerentes à nossa cultura e fragmenta nosso grandioso território.

Nossos costumes não tratam de violência e sim de amor pelas nossas raízes, pelas nossas lutas e conquistas. Não importa se somos tradicionalistas ou urbanos, gremistas ou colorados. Acima de tudo, somos brasileiros. E o que faz o brasileiro, "ser o que há de melhor" no Brasil, é justamente a riqueza dessa diversidade cultural de cada uma das regiões. Ser gaúcho é muito mais do que simplesmente viver ou nascer no Rio Grande do Sul . Ser gaúcho é ser brasileiro, assim como ser paulista é ser brasileiro, ser carioca é ser brasileiro, ser bahiano é ser brasileiro.

Em se tratando ainda mais de esporte, a competição saudável deve submeter-se ao convívio harmônico das diferenças. "Mostremos valor, constância, nesta ímpia e injusta guerra. Sirvam nossas façanhas,de modelo a toda a terra". Em se tratando de justiça, em nome do povo gaúcho, convoco os cidadãos a participarem do Manifesto "Respeito aos gaúchos", no endereço http://homemdotempo.blogspot.com/, e estou encaminhando à União Nacional dos Legislativos Estaduais – UNALE, para que tome as devidas providências.

* Paulo Borges – Dep. Estadual

7 comentários:

João César Castilhos disse...

Muito bem dito. Eu votei no senhor e acredito que o povo gaúcho não deve ser humilhado desta maneira. Esperamos que algo seja feito.

Elias Telles disse...

TÃO ACHANDO O QUE? VAMOS MOSTRAR O QUE É SER GAÚCHO!!!!!!!!!!!

Larissa Guedes disse...

Parabéns pela atitude. Isto sim é deputado!!!!

Luis Antônio Garcia disse...

Vamos denunciar

Anônimo disse...

Parabéns pela postura! Nós, gaúchos, não podemos ser desprezados de forma tão covarde.

Anônimo disse...

Inicialmente, gostaria de comprimentar o ilustre Deputado pelo trabalho que vem desenvolvendo no parlamento Gaúcho, e manifestar minha indignação com esse "Radialista" cafageste e sem vergonha na cara, pois falar dos Gaúchos dessa maneira é não conhecer a história do Rio Grande do Sul.Abraços.Portella!

Anônimo disse...

Parabéns Dep.Pablo , temos que defender as coisas do Rio Grande ...grande Abraco !!!