terça-feira, 25 de março de 2014

Assembleia Legislativa aprova PL17/2014

Foto: Patricia Paes

O Projeto de Lei 17/2014, enviado pelo executivo e que prevê incentivos fiscais para as empresas que se dispuserem a construir as estruturas temporárias para a copa do mundo, foi aprovado esta tarde na Assembleia Legislativa, com trinta e um votos favoráveis e dezenove contrários. O deputado Paulo Borges foi o primeiro membro de oposição a apoiar a aprovação do PL e juntamente com o líder do governo, o deputado Valdeci Oliveira, o presidente do S. C. Internacional, Givanni Luigi e o secretário municipal para assuntos referentes à copa, João Bosco Vaz, festejou o resultado.


“Votei favorável ao projeto, pois creio que a esta altura do campeonato o prejuízo para Porto Alegre, se não recebesse a copa, seria muito maior. Visto que os governos federal e estadual, que deveriam ter arcado com as despesas das estruturas, não o fizeram, só nos restou esta opção. Tenho a convicção de que Porto Alegre irá recuperar, através do turismo e comercialização de bens e serviços, possíveis perdas de receita”, avaliou Paulo Borges após a votação.

Nenhum comentário: